A face do mentiroso é um filme indiano lançado no ano de 2013. Com o título original de Liar ‘s Dice, a obra emerge o telespectador na trama imbuída de bifurcações. Rafael Libman, amante da sétima arte, comenta sobre o filme (contém spoiler).

Como dito, o filme foi lançado em 2013 e mesmo após mais de 7 anos de estreia, ainda reúne discussões acerca da trama e seu desfecho. De início a narrativa se passa num pequeno vilarejo localizado na cidade chamada Shimla, localizada no norte da Índia, a cidade é capital do estado Himachal Pradesh. O drama narra a história de Kamala, uma mulher à espera do retorno de seu marido à aldeia ou de uma simples ligação; a jovem mulher liga diariamente ao seu amado, porém sem respostas.

Sem respostas e notícias do marido há mais de 5 meses, decide ir até a cidade em que ele estava trabalhando em uma construção. Parte Kamala e sua pequena filha Manya, acompanhadas de um bode da criança, cujo traz inúmeros empecilhos durante a odisseia, porém não é abandonado em nenhum momento. Ao longo do árduo caminho (Shimla está localizado ao Norte da Índia, próximo à Cordilheira do Himalaia, sendo assim, o frio é incessante), encontra um andarilho chamado Nawazuddin, introspectivo e misterioso, o estranho ajuda mãe e filha a encontrarem o sujeito. Nawazuddin foi uma peça fundamental na trama, em um dado momento do filme é exibido sua verdadeira identidade (profissão) e isso explica sua habilidade em achar pistas e respostas, comenta Rafael Libman.

Chegando no endereço, Kamala recebe a notícia de que o marido, agora, estaria trabalhando em Nova Déli. Os três partem, então, para a capital da Índia. O filme todo se passa, praticamente, em trens, ônibus e caminhadas, uma extensa caminhada repleta de percalços.

Ao chegarem em Nova Déli, se hospedam em um hotel de quinta categoria enquanto aguardam Nawazuddin localizar o homem. Após cerca de quatro dias de espera, finalmente o andarilho encontra pistas, o que torna todo o enredo muito intrigante. Sentada em um banco qualquer no subúrbio da capital, Kampala em mais uma ligação incessante e sem esperança ao marido, ouve o toque de celular vindo da bolsa de Nawazuddin. Ao abrir a bolsa do andarilho, há o celular e a carteira do marido, junto a uma foto de Kamala e Manya e a partir deste momento, inúmeras hipóteses surgem, afirma o empresário Rafael Libman.

Teria Nawazuddin, matado o marido e assumido a identidade dele? Visto que no final do filme é exibido ele trabalhando em uma construção; ou o marido morreu e por isso não deu respostas e Nawazuddin só fez saber, mas por que a demora em dar notícias? Se o marido foi à Nova Déli recentemente para trabalhar e o celular estava funcionando, por que não deu notícias à mulher e à aldeia? Questiona o empresário. De qualquer forma, esse questionamento torna o filme ainda mais interessante, pois daí surge o título e a indagação, a face do mentiroso refere-se ao marido de Kamala ou a Nawazuddin?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui