Carla Maria Silva Maia é consultora da empresa GO Engenharias e teve sua carreira traçada no investimento empresarial de valorizar o ambiente de trabalho e estimular a indústria portuguesa a acompanhar o crescimento do mercado mundial, por isso ela apoia o SGPS em projetos de desenvolvimento.

O SGPS, sigla para ‘Sociedade Gestora de Participações Sociais’, foi implementado em Portugal em 1980 com o objetivo de atrair novos investimentos estrangeiros, a fim de promover o desenvolvimento econômico de diversos conjuntos de empresas. O que a GO Engenharias faz com o recurso é apoiar o desenvolvimento de projetos humanitários e de recuperação social, principalmente.

Com as transformações digitais, Carla Maria Silva Maia conseguiu potencializar os modelos de negócios a partir da formação de profissionais e de consultorias. Com isso, seus projetos em SGPS resultaram na captação direta de mais de 200M de euros em investimentos para Portugal com países como Brasil, Turquia e Estados Unidos. Consequentemente, a empresária criou, direta e indiretamente, milhares de empregos para o seu país.

Como as SGPS colocam a condição de que as empresas nacionais ainda prestem serviço técnicos de administração e por ter mais e novos investidores em Portugal, a consultora apoiou a concessão de crédito às sociedades participadas com o desenvolvimento de projetos que gerassem mais repercussão social e sustentável para estimular a indústria a criar oportunidades mais inovadoras.

Além disso, Carla Maria Silva Maia conduziu investimentos em Marrocos por meio do SGPS para o levantamento e desenvolvimento de Infraestruturas de Energia Verde e no Vietnã em projetos de desenvolvimento social, que geraram mais de 300M de euros para o mercado econômico português, que fez rotacionar os investimentos e gerou novas formas de investimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui