A série Ginny & Georgia, entrou no catálogo da Netflix na última semana (24/2) e foi alvo de críticas nas redes sociais, após fazer piada com a cantora Taylor Swift. A protagonista da série resolveu fazer um longo texto refletindo sobre sua personagem e agradecendo aos fãs por todo apoio.

É muito significativo ver as centenas de mensagens de fãs em minha caixa de entrada que se sentem vistas, ouvidas e compreendidas por causa do programa e seus personagens“, escreveu Antonia em parte do texto.

Como alguém que cresceu sentindo-se sem voz e sem importância, e que não se via refletida na tela, Ginny Miller foi finalmente um alívio“, desabafou. “Finalmente, uma personagem que era tão confusa e imperfeita quanto eu teve a chance de existir. Ginny Miller, embora fictícia, é uma personagem que reflete todas as contradições e imperfeições da vida.“, refletiu a atriz.

Apesar do texto não fazer referência direta a controvérsia, ele foi publicado depois da enxurrada de comentários negativos que o programa sofreu.

Ela comete erros – moralmente, mentalmente, fisicamente, emocionalmente – e não apenas dentro de si mesma, mas dentro do mundo quebrado em que vive”, finalizou a atriz.

Continua após a publicidade

Vale lembrar que as críticas começaram após a piada feita na série,  tratava-se de uma frase dita por um personagem masculino: “Por que você se importa? Você troca de homem mais rápido que a Taylor Swift”.  Diversos usuários começaram a subir a hashtag “Taylor merece respeito” e “Respect Taylor“. A própria cantora resolveu se pronunciar chamando a piada de sexista.

Ei, Ginny & Georgia, 2010 ligou pedindo a sua piada preguiçosa e profundamente sexista de volta. Que tal pararmos de degradar mulheres que trabalham duro ao definir essa merda como algo ENgRaÇadO. Netflix, depois do Miss Americana esse tipo de coisa não combina com você. Feliz Mês da História da Mulher, eu acho”, publicou a cantora.

O que você acha dessa história?

 

 

Continua após a publicidade