Gil e Juliette voltaram a discutir na tarde desta quarta-feira (17/3), no BBB21 e dessa vez os dois colocaram para fora tudo o que tinham que falar. A advogada rebateu as acusações que o economista fez sobre ela agir por conveniência.

Gilberto e Sarah estavam na academia conversando sobre o Queridômetro quando a paraibana chegou pedindo para conversar com o economista.  Ele disse que não queria, mas mesmo assim ela justificou porque deu “bomba” para ele. “O negócio da carinha, eu dei alguma coisa errada hoje, acho que foi bomba. Não fui lá de manhã e disse: ‘Gil, não quis lhe dar bomba, mas acho que dei’, não foi?”, disse ela.

Depois, ela veio confrontar Gil por ele ter dito que ela é amiga da Viih Tube por conveniência. “Você me dizer que eu estou com essa menina por interesse, é me dizer que eu sou um lixo e eu não aceito porque eu não sou”, falou Juliette. “Você me diz que eu sou interesseira, que eu sou inconveniente e você não sabe o que eu vivi aqui dentro. Você me julga de algo que você não sabe o que eu passei”, continuou. Com as falas, muitos internautas apoiaram a advogada, dizendo que ela “jantou” Gilberto.

Gilberto chegou a se defender dizendo que nunca agiu por conveniência. “Eu nunca fiquei por conveniência, viu? Se eu agisse por conveniência eu não estaria passando pelo o que estou passando”, Juliette na hora rebateu. “E por que eu fui tua amiga, então? Todo mundo estava metendo o pau em tu e Sarah e porque eu fiquei do lado de vocês? Vocês são famosos, é?”. O economista respondeu dizendo que é por que ela estava na m****.

A discussão não parou por aí. Juliette pediu para o brother não julgar a sua opinião. “Eu vou julgar sim, quem eu quiser julgar e pronto. Se eu sair porque eu estou julgando, eu vou sair”. A maquiadora não ficou quieta. “Julgue mais, está lindo, faça mais, tá maravilhoso.” Gil começou a dizer que não estava nem aí e a sister discordou. “Tá não. Se você tivesse nem aí você não estaria sofrendo porque você está fu**** sofrendo, porque você quer ser uma pessoa que você não é. Você não é ruim”, falou ela. 

Em outro momento Juliette continuou: Não vou jogar na cara de ninguém, nem falar para ninguém que sou ‘amizade de conveniência’. Você já falou para os outros. Deixa quem quiser achar. Estou te dizendo: não sou sua inimiga, não quero seu mal, não estou com ódio de você, quero ser sua amiga, quero seguir no jogo em paz. Você achar isso de mim me machuca muito. Já sofri muito aqui, não quero ficar pelos cantos chorando, querendo ir embora. Estou te dando a última cartada. Se quiser continuar, continue. Tô nem aí mais. Quero lá fora, mesmo que a gente se tire do jogo aqui, quero conseguir ser sua amiga. Se você continuar fazendo isso, não vou conseguir. Não provoque o que você não quer. Eu não quero ser o que posso ser. Eu posso ser raivosa, brava, mal educada, posso ser horrível. Todos podem!

No final, depois de lavarem a roupa suja, os dois se abraçaram. Juliette saiu da academia e Gil ficou chorando sozinho. “Estou me sentindo uma pessoa horrível. Acho que ninguém gosta de mim lá fora. Será que estou errado jogando assim? Uma semana de cada vez, Gilberto”. 

E aí, será que essa aliança foi quebrada de vez? 

Continua após a publicidade