Bridgerton é uma série que faz muito sucesso por vários motivos, incluindo o figurino, os atores, o cenário, mas o que realmente chama atenção são as cenas de intimidade dos personagens. Não há como negar que elas foram muito bem dirigidas, filmadas e contracenadas. Além da química entre os atores, tudo isso demanda muita habilidade técnica e uma boa coordenação.

Por essa razão, a produção da Netflix tem a sua própria coordenadora de intimidade, – como é o caso de Sex Education e Normal People, também aclamadas por suas cenas quentes – Lizzy Tabolt. É responsabilidade dela conversar com os autores sobre os seus limites antes do início das filmagens, para que todos se sintam seguros e confortáveis nas cenas. Em conversa com o The Times, Lizzy compartilhou alguns fatos divertidos e interessantes sobre como foi praticar essas cenas.

No episódio oito, há uma cena de sexo com Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey) e Sinea Rosso (Sabrina Bartlett), e Lizze contou uma situação inusitada que aconteceu. “Em um ponto dos ensaios, Sabrina escorregou e meio que fez esse poste de bombeiro derrubar Johnny no chão. E não nos recuperamos por cerca de dez minutos”, disse. Que situação!

“A produção estava chamando: ‘Você terminou?’ ‘Um minuto, estou recuperando a sala!’. Você meio que tem que encontrar a diversão nisso porque ela é inerentemente – os corpos são engraçados e bagunçados e eles nem sempre fazem o que queremos que eles façam”, continuou.  

E esse não foi o único momento engraçado envolvendo o Bridgerton. Lizzy contou que as calças de Jonathan rasgaram enquanto ensaiava outra cena com Sabrina.

Continua após a publicidade

Ela também revelou ao The Times que tinha todo o tempo para praticar as cenas de sexo, como outra cena de acrobacias teria. Por isso, ao invés de ensaiar e já filmar no mesmo dia, os atores “apareciam preparados e toda a coreografia arrumada”.

Outra curiosidade é que, nas cenas quentes da lua de mel de Daphne e Simon, os membros da equipe da casa senhorial, onde eles estavam filmando, acabaram assistindo tudo. Afinal eles tinham que garantir que nenhum dos móveis fosse danificado.

“Quando você vai para uma casa de campo, há muito menos flexibilidade do que você pode imaginar. Você não pode mover a cama, você não pode mover a pintura, você não pode mover o guarda-roupa, e você tem que estar quieto delicado com os móveis”, disse a diretora Julie Anne Robinson ao Deadline.

“Então, no quarto do Duque, que ficava no Castelo Howard, [Simon e Daphne] passavam muito tempo naquela cama, e havia monitores nos quartos quando estávamos fazendo as cenas de sexo, e eles não queriam sair”, disse Julie. Gente! 

 

 

Continua após a publicidade