O documentário The World A Little Blurry, que estreou na última sexta-feira (26/2) na Apple TV+, revelou muitas camadas de Billie Eilish antes nunca vistas pelo público. Uma das que mais repercutiu foi o seu namoro com o rapper famoso Brandon Quention Adams, conhecido como 7: AMP. A cantora se abriu sobre a relação conturbada e o término. 

O documentário mostra desde cenas de quando os dois estavam em clima de romance, até a fase do término, em que Billie reflete sobre a relação com o ex. 

7:AMP e Billie começaram a namorar quando ela tinha 16 anos e ele 22. Nas imagens eles estão se abraçando, cheio de clima e ela até o elogia. Eu te amo e estou apaixonada por você”, diz a cantora no início, enquanto eles falam pelo telefone. 

Billie Eilish e o rapper 7:AMPApple+/Reprodução

Mas, em The World A Little Blurry, também vemos Billie um tanto frustrada enquanto ainda namorava o rapper, como por exemplo, com o fato dele dirigir embreagado. “Eu não quero que você faça isso. Eu sinto que você não me leva a sério quando digo isso. Eu só quero você seguro”, disse ela em um trecho.

O relacionamento dos dois acabou após a apresentação de Eilish no Coachella. A cantora teria ficado chateada pelo fato do namorado não ter conseguido encontrar a então namorada em um momento em que ela estava chateada por ter errado a letra de All the Good Girls Go to Hell no palco. Depois disso, o rapper quebrou sua mão socando a parede e Billie explicou para um amigo o comportamento “autodestrutivo” de Brandon. 

Eu simplesmente não estava feliz e não queria as mesmas coisas que ele queria, e não acho que isso seja justo para ele. Não acho que você deva estar em um relacionamento super empolgado com certas coisas que a outra pessoa não dá a mínima. Não acho que seja justo com você. Não achei que isso fosse justo com ele. E só faltou esforço, eu acho. Eu literalmente pensei, ‘Cara, você nem tem amor suficiente para se amar. Você não pode me amar, cara. Você acha que sabe’”, conta Billie. 

A cantora também reflete sobre sua decisão de terminar com 7:AMP. “Eu o amo, no entanto, o que tornou tudo mais difícil. Não o esqueci, não encontrei mais ninguém”, acrescenta. “Não deixei de ter amor por ele. Eu só passei um tempo longe dele por um tempo e pensei, ‘Uau, estou perdendo muito porque estou preocupado com você o tempo todo e não quero o que você quer e você não quer o que eu quero.’ Eu não quero consertá-lo. Eu não posso consertá-lo. Tentei“, diz. 

Veja o trailer do filme:

Continua após a publicidade