18 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 18, 2022

Anvisa recebe pedido de registro definitivo da Coronavac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu o pedido de registro definitivo da vacina Coronavac. A Anvisa terá agora 60 dias para analisar a solicitação. Atualmente, o imunizante é o único no Brasil que não tem registro definitivo. Em abril, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinou o fim da emergência sanitária no Brasil e, com isso, somente vacinas que tenham registro definitivo podem ser destinadas para uso de adultos. O pedido do Instituto Butantan será analisado por três áreas técnicas da Anvisa. A Coronavac foi a primeira vacina contra a Covid-19 a ser aplicada no Brasil. No dia 17 de janeiro de 2021, a enfermeira Mônica Calazans foi a primeira a ser imunizada em São Paulo após a aprovação pela Anvisa.