Sentir dor no pênis, de acordo com o urologista Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, não é algo tão comum, sendo frequentemente relacionada a pancadas ou relações íntimas intensas, o que, geralmente, costuma desaparecer sozinha com o tempo.

Porém, quando muito persistente e sem motivo aparente, a dor pode indicar problemas que devem ser tratados, como por exemplo a inflamação da próstata ou DSTs, revela o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes.

Tendo isso em vista, Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes recomenda consultar-se com um urologista se a dor persistir por mais de três dias. Dessa forma, é possível iniciar um tratamento adequado e evitar complicações posteriores.

Veja a seguir o que pode ocasionar este desconforto:

Candidíase

A candidíase é mais frequente em mulheres, porém homens com diabetes, má higiene íntima ou com algum enfraquecimento imunológico também podem apresentar a inflamação.

Essa inflamação é consideravelmente intensa e afeta, principalmente, a região da glande. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes explica que, normalmente, é necessário o uso de pomadas e remédios orais que devem ser prescritos pelo urologista de acordo com o quadro.

Alergia

O pênis é, de acordo com o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, uma região sensível e, por conta disso, a pele pode facilmente sofrer pequenas inflamações por conta de algum tecido ou substância que está sendo aplicada.

Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes revela que, para essas situações existem algumas pomadas que podem acabar com a irritação.

Inflamação da Próstata

A prostatite pode causar dor na região e se espalhar para outros locais, como o ânus, por exemplo. Para o tratamento, pode haver a necessidade da utilização de antibióticos e analgésicos.

O urologista Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes reforça que é essencial buscar a opinião médica, principalmente se, junto da dor, houver sintomas como: sangramento, pus, coceira, inchaço e febre.

Acesse o site e saiba mais: http://marcofortes.med.br/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui